Tudo muda

octubre 25, 2013 Português  No comments

Tudo muda. As pessoas mudam, as tristezas arrefecem e o rio não cessa. Até seca, mas segue seu destino. Volta para o céu e sublima o arder liquido evaporado. Não tente agarrar as nuvens, são tal miragens a margem das pupilas. Não aprisione sentimentos em envelopes que nãflor germinandoo chegarão aos correios. Eles também evaporam e o céu pode se fazer noite. Sem estrelas. Sem brisa.

E tudo muda, enderece ao alto as súplicas, os anseios mais fortes… Eles podem florescer em corações adubados com esperança e gotas de suor. Reze ao senhor do impossível, seus acordes não são inexecutáveis. Sempre haverá dedos e destreza para dedilhar- te a alma, tal mereces.

Leave a reply