lucidez tagged posts

Todos muito loucos. Somos.

marzo 27, 2019 CrônicasPortuguês  No comments

As pessoas estão muito loucas. E somos todos muito loucos. Explorando vielas e matizes. Que nos façam esgueirar de nossas próprias verdades. Nossas nuas densidades. Entre becos. Ou atalhos. Nos resvala um passe . À lucidez ingélida. Do deixar ser. Deixar nascer. Deixar fluir. Deixar. E seguimos todos muito loucos. Intoxicados pelas sombras no espelho , talvez refletido em um vitral. Ou por aquele coito paranormal. Uma epifania cósmica . De que a loucura generalizada é a anamnese perfeita.  E a mecha de cabelo, ou do fogo esparcido, seguirá apartada do fogo. Como oléo em agua com co-morbidades poéticas distintas. Como as tintas de uma mancha conjugal. Ou um nexo verbal não identificado . E seguiremos todos muito loucos. Engolindo. Sem digerir...

Leer más

Belamente louco

junio 14, 2018 Poesia  No comments

 

Se de todo louco.  Se herdasse um pouco. Da descordura de ser. Servente e serviente. Da anormalidade requerida. Por um coração livre, em alma desabotoada. Toada desvestida. De aparências esperadas. Pelo lógico, obvio, aceitável ou corriqueiro. Se o isqueiro acendesse as mentes. Dementes e indelentes. Seres dormidos. Esquecidos da real essência. Aguda ou crônica. E essa crônica. Fosse uma ode a loucura. Congênita ou adquirida. Grande magia. Ou nirvana de poucos. E se a insana lucidez fosse a perene e indelével- Frequência equânime. Almejada. Vértebra ao vento. Sentimento orgânico – não adulterado. Se de todo louco. Se aprendesse um pouco. Se louvasse o outro. Que não julga. Que se expõe. Que sobrepõe. Razão e pensamento. Em compartimentos espaçados. E se o passado resultasse em algo...

Leer más