Sem Fim

julio 18, 2017 CrônicasPortuguês  No comments

IMG_9533

As vezes parece que estou indo embora. Que o tempo que tanto menciono já não é tao igual. E que talvez ,desta vez, consiga que o Deus Chronos me dê uma tregua. A Terra realmente tem se movido mais depressa . E às vezes, parece que estou indo embora. Embora já não tenha a mesma pressa. De antes. Parece que a pele descasca e as cascas já sobram. Que o jardim das delicias nao é uma obra, mas um bairro, o qual visito e revisito em muitas beiras do caminho. Extenso. Nessas vidas, que se multiplicam dentro desta mesma vida. A intensidade e velocidade com a qual troco de roupa. Me
Desfaço das vestes de anos ou meses. Ou semanas. Até. Até Morri e voltei para o mesmo corpo, mil vezes. Me afoguei e regressei à margem, por vezes com escamas, outras com calda, outras com asas e as vezes com garras.
São muitas vidas e muitas faces que habitaram um só corpo. Que avança corajosamente até o final. Que nao tem fim.

Leave a reply


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>