Não negue, não, a visão.

enero 19, 2016 PoesiaPortuguês  No comments

roca tecer 

Tecendo os fios
do tempo
E do vento,
Já não espeto os dedos
Na roca
Outrora torta…
Aperto a vontade
De acelerar
a roda
da aurora
sem hora
que chega
sem cortar.

Tags:  

Leave a reply