Comprar Livros

a_dama_escura_




A Dama Escura
Renata Vázquez
Em “A Dama Escura”, novo livro de Renata Vázquez, Sara é a própria dama que reinterpreta a si mesma e move a roda da oportunidade ao duelar com seu lado escuro. O coração de Bogotá recebe em seu âmago uma feiticeira que gira a roda e as fendas do tempo sem saber, quando dá vida à salsa em seu quadril. Sara é uma jovem portuguesa com a herança ancestral de uma classe de magia que une o divino e o mundano. Mediante sua dança, a moça abre portais nesta dimensão, sanando os que com ela compartilham o ritmo e a paixão da carne. Ao pisar a capital colombiana, se sente atraída por Herculano dono de um bar enigmático. Este homem marca a sua história de forma atemporal, além de ser alguém que lhe imprime na pele os golpes do destino em parceria com o acaso. Um reencontro envolto em feitiços e aguardente. Ao som de ritmos ancestrais da salsa latina repleta de sincretismo, Sara tem visões e vai além das memórias do corpo material. Viaja por suas vidas pregressas e regressa à um amor enterrado pelo vento dos séculos, quando pisa o solo do bar Púrpura Royal.

 

 

 

 

 

 


A Existência Física
Renata Vázquez

Em A Existência Física é um grande teatro cósmico, Renata Vázquez tece histórias que guiam o leitor a levantar a pálpebra das frestas que maculam a realidade. A autora entrelaça punhados de ficção em contos inusitados, mesclados com textos autorais e crônicas de “dias comuns”. Nesta obra, se entenderá que nenhum dia é “raso”, que a Dança da vida na Terra tem seus por quês, que a existência tem suas teias e âncoras e que podemos nos vestir na pele de vários personagens, mudando de roupa, de rótulos que nos delimitem nos limites pueris da vida. Comum. É um livro para questionar, duelar com moldes de padrões de comportamento repetitivos, avassalar os verbos em tons de carmim, reviver as outras vidas e se deliciar com manuscritos e ilustrações singelas por letra e punho da própria autora. Um convite à comungar com a energia dessa mulher, cada vez que ela esparge suas linhas, por onde passa.



 

 

 

 

 

 


SAARA
Renata Vázquez

Saara, a filha do deserto- A história de uma jovem órfã que é acolhida por uma caravana de ciganos no deserto quando tem apenas quatro anos, após sobreviver a uma guerra de tribos. Quando ela completa quinze anos, se descobre imbuída de uma carga de magia, enquanto participa do Ritual de Guedra entre vários povos do Saara, em especial, os tuaregues, ou povo azul, que a escolhe como a legítima representante de Tin Hinan, a antiga rainha sagrada tuaregue. A presença da antiga matriarca desse clã acompanha a trajetória dos personagens e a cobiça pela mais nova mulher do povo do véu. Saara se envolve com o líder de sua tribo. Ritos e rituais transformam essa mulher. Um inimigo regressa invocando os magos de areia. As dunas da morte guardam a última batalha. Os ancestrais regressam para honrar um duelo. Luta, magia, sexo, paixão e morte.

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*