Archivos por mes noviembre 2017

Introspecção é quando observador e observado habitam o mesmo lugar, o mesmo tempo.

noviembre 25, 2017 CrônicasPortuguês  No comments

IMG_1560

Introspectivo é um espaço mental. Semi impenetrável. Onde poucos poros se abrem para alguns. Mas o Ser se encontra recluso em si mesmo. Repousando nas possibilidades. Ou calamidades de situações que só restam por um instante. Efêmero. Introspectiva é a temporada de auto analise. Fora do divã ou dos ditâmes de analista. Ou pseudo terapeutas. É a hora da sangria. De fazer o balanço de meses. Ou a contagem do caixa. Interno. Introspectivo é um estado mental. Silencioso. De poucas palavras. E muitos sentimentos. É a poeira sob o tapete que precisa ser arejada. Ou exterminada. Introspectivo é um estado de espírito. É a porta encostada. Para que entre um sopro de brisa. Ou alguma mente que compactue com suas verdades. Ou entenda de essência. Intro é o prefixo que precede o real substantivo...

Leer más

Para o Ser

noviembre 14, 2017 CrônicasPortuguês  No comments

Para o Ser .

Para qualquer mal, há uma cura.
Para qualquer veneno, um antídoto emocional.
Para qualquer destemperança, o ar puro.
Para mentes ancoradas no passado,
o tempo.
Para vícios de comportamento, resgatar o eu.
Para versos inacabados, poesia constante.
Para braços que não abraçam, o mar que acolhe além do céu.
Para a ansiedade, o nanossegundo que se congela.
Para a felicidade, abdicar das couraças do ego.
Para não regressar a esse plano, trabalho diário e sincero.
Para amar de novo, ser vento, ser prana, ser areia, sal, saliva, veneno e cura nas proporções adequadas.
Para ser um Ser pleno, doar-se, ao ar,

Sem Esperar nada em troca.

Leer más

“Saara, a filha do deserto” – Esgotado em noite de lançamento

noviembre 9, 2017 Português  No comments

Já é madrugada, mas permanece mais uma noite latente para recordar. Aquele lugar da mente onde a impermanência não toca. Tantos abraços, beijos, afagos e dedicatórias na ponta da caneta. A presença dos amigos, amores e reencontros desse ciclo material e pueril. Agradeço cada sorriso e os minutos dedicados por cada um, que puderam tecer este dia de lançamento. “Saara, a Filha do Deserto” já chegou fazendo diferente. Os livros simplesmente esgotaram e peço desculpas aos amigos-leitores que não chegaram a tempo de adquirir seu exemplar! O deserto virá até vocês. Nova remessa nos próximos dias! Mais uma vez, obrigada.

 

#lançamento

Leer más