Archivos por mes febrero 2017

Acolherei. Te.

febrero 6, 2017 CrônicasPoesiaPortuguês  No comments

acolherei

E te acolherei. Quando estiveres cansado. Quando as horas restarem uníssonas e opacas e todos os rostos, ou quase todos. Forem mais do mesmo. E as histórias cismem em se orquestrar na insistente repetição. Na monotonia que escorre pelas chagas que não se curam, nos ofícios comuns. Quando a realidade se tornar cinza e as ruas do seu bairro se mostrem plenas de caos e tensão apática entre pernas que caminham rumo a esquinas inexistentes. Quando todos os copos forem rasos e seu fluxo – mental – não caiba em nenhum dorso, te acolherei. Quando já não houver paredes a pintar e as tintas precisem ser içadas desde as nuvens mais altas. Quando uma amarelinha figurar no seu chão e os tons restarem saturados de nostalgia ou segredos furtivos. Eu te acolherei...

Leer más