Archivo diario junio 9, 2016

Bela-mente incongruente

junio 9, 2016 CrônicasPortuguês  No comments

narciso

Defina o que não se toca, ou se tinge e não se molha, desfolhando a forma… 

Porque a beleza, na verdade, precisa ter algo de feio. Sim. A beleza para a leitura destes olhos precisa provocar certo espanto, certa graça, incoerência e incongruência. Sem o menor denominador comum ou senso geral da nação maciça. A beleza de um sorriso torto, ou um dente lascado. Talvez um par de olhos de coruja ou gavião endiabrado. Encantam-me os olhos, a beleza da segunda página, o flerte à segunda vista. Aquela pista de beira de estrada, quando você foge de todos os rostos previsíveis. A beleza está presente, naquela esquina que se espreme, decorando uma célebre avenida movimentada. Ou quando o rosto ganha calles ou vielas de expressão. Rostos de homens são intrigantes...

Leer más